Principais Conquistas
Campeão Estadual 2008 FHERJ Feminino adulto
Campeão Estadual  2008 FHERJ Indoor  Feminino adulto
Vice_ Campeão Estadual  2009 FHERJ Masculino adulto

Campeão Estadual 2008 -2009-- FHERJ Sub 18 Feminino
Campeão Estadual 2008-2009- FHERJ Sub 18 Masculino

3 Colocado Campeonato Brasileiro Seven a Side 2010 Masculino adulto CBHG
Campeão Brasileiro 2011 Sub 17 masculino CBHG
Campeão Brasileiro 2011 Sub 17 feminino CBHG
Vice Campeão Brasileiro 2011 Sub 17 Feminino CBHG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Noticias

Grande sucesso geral na festa

de encerramento do Inter 30

O hóquei do inter esteve representado em grande estilo, alunos do Maria Bello, Percepção, Gissoni,Elpidio e Rosa da Fonseca animaram ainda mais o evento,

,4 jogadores de Deodoro na disputa da final do muso e a musa, Jhonnatan, Thiago,Yaya, Leo fizeram muito bom , finalmente Leo do Percepção foi eleito junto a uma jogadora de vôlei do Cel da Lagoa.

O hóquei indoor deixou lugar a o hóquei sobre grama , mostrando um resultado positivo em tempos e formas do projeto inicial

Parabéns!!!


Muito Obrigado as empresas Abadai, Jornal O Globo, Mac Donald s, Sul America Seguros , Spor Tv, Jornal Extra e principalmente a Roberto Garofalo, verdadeiro ideólogo, sonhador e visionário guerreiro,

pela oportunidade histórica de difundir o hóquei sobre grama.

mais fotos click na bolinha

 

 

 

 

 

 

 

 

Meninas de Ouro

Grandes Jogos nas finais do hóquei sobre grama no Intercolegial O Globo 30 anos
Meninas de Ouro
Sem lugar a dúvidas o jogo da final feminina vai ficar para a história como um belíssimo jogo de altas emoções. As meninas do  Rosa da Fonseca ainda no 90 ano enfrentando as poderosas jogadoras do Gissoni, já no 20 ano do ensino médio, inclusive ex alunas da escola Municipal como Alice e Yasmin, experientes jogadoras do Deodoro Hóquei Clube.
Jogo com muito ritmo, bastante torcida  e animador dos patrocinadores .
Nicole, Rebecca, Diana, Tisi, Belle e Thais foram em busca do triunfo em todo momento, comandadas pela sua técnica Tatianne Oliveira. Na frente, Thainá tentando deter todo ataque, Alice com seu talento habitual, a inteligência da Thiassa e a garra da Thais, Vanessa  e Joyce .
Teve um gol da Rebecca anulado mas as meninas do Rosa não se abalaram, continuaram e conseguiram fazer o primeiro gol.
Jogo cheio de emoções, Alice saiu machucada e colocou mais tensão no jogo, as meninas do Gissoni demonstraram porque são as campeãs .
Quando parecia que o jogo já era do Rosa, Diana tentou bater na bola e acertou em cheio um taco adversário dentro da área, Alice que tinha voltado pro jogo empatou de pênalti.
Jogo encerrado e decisão nos pênaltis australianos.
Grande defesa da Raquel na cobrança da Alice, a Ingrid brilhou defendendo tudo e Vanessa com frieza e determinação colocou a bola no canto direito da Raquel .
Choro, alegria, tristeza, orgulho, tudo impossível de narrar.
Parabéns meninas, o mais bonito é que ficou demonstrado que é possível  competir, ganhar ou perder, deixando tudo em campo sem ofensas e sem rivalidade excessiva.


No masculino o Colégio Triangulo diminuído pela falta do Jhonny segurou bastante bem, mas o conjunto do Gissoni foi mais compacto e homogêneo. Maguila no gol foi a grande estrela do jogo provocando cânticos na torcida feminina.
Thiago foi muito seguro na zaga, Thales com suas habituais arrancadas, Marcus, Lucas e Gustavo jogaram muito firmes e com personalidade.
Leandro e Giovanni ficaram se marcando mutuamente em um duelo de muita qualidade técnica mas acabaram se neutralizando um com o outro. Lucas e Jhonattan tentaram uma e outra vez mas sem resultados.
Resultado justo, Gissoni 2 a 0. Parabéns aos dois times por terem chegado na final.
Nas decisões pelo 3o lugar, o Duplar com várias ausências não conseguiu segurar o poderoso Elpidio Da Silva. Giovanne , Fernando, Alan, Lucas, Piti foram muito para Gustavo, Lucas e Gabriel.
O bronze feminino ficou com Elpidio em jogo disputadíssimo com a Escola Municipal Maria Bello de Padre Miguel, decidido nos pênaltis australianos.
Skarlet, Tinhina , Cinthia, Thaina, Kelly, Maria Alice foram destaque no Maria Bello.
Thaynara, Gaby, Rayanna, no Elpidio.
ATLETAS, PAIS ALUNOS, AMIGOS,TORCEDORES, AUXILIARES TECNICOS, DIRETORES DOS COLEGIOS, COORDENADORES, MUITO OBRIGADO.\
DEODORO HOQUEI CLUBE FICA NA HISTORIA DO HOQUEI INTERNACIONAL POR TER COLOCADO, 16 TIMES de 8 COLEGIOS, NA MAIOR COMPETICAO ESTUDANTIL DO BRASIL COM 4 TECNICOS, 20 TACOS, 20 BOLAS, 2 ROUPAS DE GOLEIRO  E 15 CONES.

 

Espetacular !!!!!

 


Projeto deodoro hóquei consegue 11 medalhas , 4 de ouro , 4 de prata , e 3 de bronze no hóquei indoor e no hóquei sobre grama do Intercolegial O Globo 30 anos.
Justamente no mês em que o projeto esta sendo legalizado como Associação Desportiva Deodoro Hóquei entrando com pedido de filiação junto a FHERJ nosso projeto brilha na maior competição estudantil do Brasil.
Foram árduos meses de trabalho, preparação das equipes e inclusive implantando o hóquei contra relógio .
A equipe técnica esta de parabéns, Eduardo, Tati, Victor em excelente harmonia e coordenação com os Professores e colaboradores em cada Colégio.
Os atletas jogaram com muita vontade alegria e responsabilidade deixando tudo em campo representando seus Colégios sem isso ser obstáculo para estar se ajudando mutuamente o tempo todo com os equipamentos ou na parte anímica após uma vitoria  ou uma derrota, isso e Deodoro gente!!!!!!
O nível das partidas finais foi de nível internacional dentro da faixa etária correspondente, a emoção foi enorme com grandes decisões nos pênaltis australianos, a imprensa televisiva, escrita e os patrocinadores  ficaram assombrados pelo ritmo dos jogos e o lindo visual do esporte .
Parabéns a todos, a empresa Abadai pela excelência na organização e por continuar acreditando, a Universidade Castelo Branco pela sessão da impecável infraestrutura, a os familiares e amigos dos atletas ,
Souuu quero quero, es um sentimiento, no puedo parar, ole olé olé....a cada dia te quiero mas....
Veja as medalhas conquistadas
Hóquei Indoor
Feminino ouro, prata e bronze
Masculino ouro, prata
Hoquei Grama
Fem ouro , prata e bronze
Masc ouro , prata e bronze

 

 

 

 

Espetacular rodada das quartas de final feminino do Intercolegial O Globo 2012 no hóquei sobre grama.
A escola Municipal Maria Bello deu a grande surpresa do dia derrotando o poderoso Colégio Triangulo por 1 a 0, grande atuação da Tininha, Skarlet, Maria Alice, Cinthia e a goleira Thaina. Do lado do triangulo Bia fez umas jogadas muito velozes com grande habilidade , também Iris e Jade demonstraram sua boa técnica e raça.

 


Logo após o grande jogo do dia, podemos afirmar que foi a final antecipada, o Colégio Percepção e o Paulo Gissoni regaram o campo de hóquei, Bia abriu o marcador e Alice no short corner 
empatou com um belo flick .grandes jogadas e situações de gol nas duas áreas com destaques da Marianna, Arianne,Yasmin,Juliana, Daiane e Ingrid, no Gissoni Thaina com sua habitual marcação, Yaya e obviamente Alice.
Após o empate no tempo normal grandes emoções nos pênaltis australianos, 8 segundos cada jogadora, 1 a 1 na seria de 3 e Alice definiu no quinto pênalti,
Rosa da Fonseca e Elpidio da Silva derrotaram o Duplar e o Lemos de Castro respectivamente e vão decidir um lugar na final,
Parabéns meninas, o hóquei no ponto mais alto,

 

 

 

 Úrsula , Tati e Edu dão aula na cidade de Macaé  na turma de Engenho patrocinada pela Odebrecht e a Secretaria de Educação, alem de vários novos talentos marcaram presença Rose,Hugo e Leko, ídolos das crianças e lendas naquela cidade.Francisco Mage o Pai da criança não compareceu por ser seu niver e não estar na cidade.Valeu Domi, Rafael e garotada!!!

Viagem histórica , com partida da sede do Clube de Aeronáutica , fundador da ABH ( Associação Brasileira de Hóquei), destino Engenho da Praia ,o que foi o maior polo de hóquei no Brasil

Show!!!!

Convocação Pré Olímpico
Após muitos anos Brasil apresenta uma lista muito boa para encarar um exigente calendário de jogos internacionais. Não será fácil mais e um dos caminhos certos para evoluir .
Du Negao, Lua, Gabriel,Franca vão dar um toque de qualidade a o time.
3 jogadores descobertos e formados em Deodoro hóquei  estão na lista, Matheus, Crislan e Bruno.
Boa sorte pessoal!!!!

29-02-2012

Comunicado oficial Deodoro hóquei clube
família do hóquei no Brasil :
º Somos um projeto com 5 anos de existência, temos prestigiado os eventos da Federação de Hóquei do Rio de Janeiro assim como também organizamos em conjunto vários torneios escolares.
Participamos do 90 por cento dos  eventos nacionais organizados pela Confederação brasileira de hóquei sobre grama e indoor desde 2008 , tanto no masculino como no feminino.Inclusive temos liberado atletas para completar outros times e de essa maneira alguns campeonatos poder ter se realizado.
Nossa parceria com Clube dos Subtenentes e Sargentos da Vila Militar possibilitou-nos criar competições internas para descobrir talentos e posteriormente formal os  ate lograr o produto final chamado atleta.
Nossa parceria com escolas municipais, colégios estaduais e colégios privados nos abriu as portas  para introduzir o hóquei no Intercolegial  O Globo,maior competição escolar do Brasil.
Muitos integrantes do projeto deodoro hóquei estão estudando com bolsas integrais em colégios de alta qualidade por causa do Intercolegial.
Também temos a honra de coordenar  o evento em conjunto com a empresa organizadora.
Atualmente damos aulas  para  20 times escolares,temos  convites para jogar no exterior  e vários projetos em andamento.
Este ano 2012 não nos foi permitido participar do campeonato brasileiro, a confederação responsabilizou  a federação e a federação fez o mesmo com a  confederação. Entregamos a documentação dentro do prazo mas foi recusada por faltar o CNPJ.
Em dezembro de 2011 estando   concentrados e  treinando com a Seleção nacional nossos jogadores foram informados pela CBHG que para eles voltar para os treinos  em janeiro e para participar do campeonato 2012 nosso clube deveria estar filiado junto a FHERJ, enviamos a documentação no dia 30 de dezembro.
Nossa filiação não foi aceita por falta do CNPJ  e nossa participação no campeonato 2012 foi negada,
O fato curioso e que repentinamente  a regra mudou e a CBHG começou a exigir que nossos atletas fossem para a concentração da seleção no mês de janeiro.
Paralelamente alem de sofrer uma pressão fortíssima de parte de alguns integrantes da comissão técnica da CBHG , nossos atletas começaram a ser procurados por outros clubes com o objetivo de completar esses times.
Aki temos uma situação desagradável por um lado porque quebra o pacto realizado entre nosso projeto,  a FHERJ e a CBHG( que seriam feitas sempre as convocações via nossa coordenação e não diretamente com nossos atletas) e uma situação incomoda também com alguns clubes porque entendemos que si não fizeram nenhum esforço para nosso clube participar deveriam ao menos respeitar nosso projeto.
º  Nossas decisões  obedecem exclusivamente a critérios técnicos e por outro lado pedimos paciência porque nosso foco e o desenvolvimento.
Cada talento detectado leva um tempo especifico para  ir passando pelos  diferentes processos ate virar um atleta, o hóquei e altamente estressante, técnico, físico, táctico e psicológico,
Já convocaram talentos  nossos antes de que eles tenham 6 meses de hóquei,

isto alem de ser altamente prejudicial  para todos cria um clima de tensão entre família, atleta, colegas e clube.
Pretendemos consensuar liberações em forma pacifica e ordenada para  que todos aproveitem nosso trabalho .

Também  continuamos reclamando poder utilizar o campo oficial de treinamento em Deodoro, varias vezes fomos suspensos  sem ter comissão de disciplina nem direito a defesa.
Os administradores dos campos devem regulamentar o uso, fixando  horários ou ate dividir os campos em 2 si for necessário, proibir a utilização não e legal.

Somos um projeto formado por brasileiros e trabalhamos muito duro para desenvolver atletas  que ajudem no desenvolvimento geral do esporte no Brasil.
Muito obrigado

Deodoro Hóquei Clube

acompanhe agora email da CBHG


Gabriel Vieira gabriel@hoquei.com.br
26/11/11
eduardo righi

Prezado treinador, 

Venho através deste email justificar a não convocação de alguns de seus atletas. Desjo fazer disso uma prática comum, sempre demonstrando clareza e transparência em nosso trabalho. Principalmente pois são vocês, treinadores, os principais responsáveis – junto aos atletas- por hoje poderem estar na seleção. E é fundamental para que estes atletas e sua equipe possam saber onde tiveram esta diferença e onde melhorar. Sempre no intuito de fazê-los evoluir e ter mais vontade de chegar neste objetivo.

Então trago a mensagem do técnico da seleção e da comissão técnica. Abaixo seguem os nomes e suas respectivas justificativas:

- Crislan dos Anjos - Indicação do clube bem aceita. Porém o jogador não participou efetivamente de uma partida e não pode ser observado pelo técnico da seleção. Além de, neste momento, não estar em condições físicas adequadas e exigidas para esta concentração.
- Phelipe Augusto - Indicação do clube bem aceita. Porém pode evoluir mais tecnicamente, ainda não é o momento para a convocação. Podendo ocorrer em breve.
- Leandro - Neste momento, não esta em condições físicas adequadas e exigidas para esta concentração. Principalmente pelo percentual de gordura elevado.
Gostaria que o sr. pudesse passar estas informações para estes atletas, por favor.
 
E mais importante, agradeço mais uma vez pela liberação de seus atletas para assumir este compromisso. Além de sua colaboração na formação destes garotos e desta seleção, bem como no desenvolvimento do Hóquei brasileiro.

E parabéns pelos atletas ai treinados que tiveram, desta vez, suas convocações.

Muito obrigado.


-- 
Atenciosamente,
Gabriel Fernandes Vieira
Fisiologista - CBHG
Chefe de Equipe da Seleção Masculina - CBHG

27-02-2012

 

Convocação Pré Olímpico
Após muitos anos Brasil apresenta uma lista muito boa para encarar um exigente calendário de jogos internacionais. Não será fácil mais e um dos caminhos certos para evoluir .
Du Negao, Lua, Gabriel,Franca vão dar um toque de qualidade a o time.
3 jogadores descobertos e formados em Deodoro hóquei  estão na lista, Matheus, Crislan e Bruno.
Boa sorte pessoal!!!!

matheus cuando jogava em deodoro

 

Campeoes!!!!!!!!!!!!!!!!!

O Deodoro CSSVM conquistou a I edição do Campeonato Brasileiro sub-17 feminino, disputado no último fim de semana no Rio de Janeiro. Com o título, o clube carioca fez a dobradinha nas divisões de base, já que também tinha ganho o Brasileiro sub-17 masculino. Desde 2007, logo após o fim dos Jogos Pan-Americanos, o treinador argentino Eduardo Righi desenvolve um trabalho de base junto a crianças e adolescentes da zona oeste da cidade. Esse ano o hóquei indoor entrou pela primeira vez no programa do Intercolegial, maior competição escolar no Rio de Janeiro patrocinada pelo jornal O Globo.
Meninos e meninas do Gissoni são campeões na estreia do hóquei

O Brasileirão sub-17 contou com seis equipes de três estados. Deodoro A e B e Escolinha CBHG (RJ), São Paulo (SP) e FHERS 1 e 2 (RS). Vale destacar também o esforço das meninas gaúchas, que enfrentaram 34 horas de viagem para disputar a competição.

Veja todos os resultados:

FHERS 2  4×0 Escolinha CBHG

FHERS 1 0×4 Deodoro CSSVM B

Escolinha CBHG  0×10 Deodoro CSSVM A
Deodoro CSSVM B 3 x0  FHESP
Deodoro CSSVM A  5 x0 FHERS 2
FHESP 2×1 FHERS 1
Disputa do bronze
FHESP 2×0 FHERS 1
Final
Deodoro CSSVM B 3×1 Deodoro/CSSVM A

http://hoqueibrasil.wordpress.com/2011/11/18/deodoro-e-campeao-sub-17-feminino/

Garotada de ouro

Posted on 17/10/2011 by  | 13 comentários

Deodoro comemora título inédito para o clube

O Deodoro CSSVM conquistou o primeiro título nacional em sua história. E graças ao talento da garotada, muitos presentes desde o surgimento do clube, em 2007. A equipe criada e treinada pelo argentino Eduardo Righi levou o título do I Campeonato Brasileiro sub-17, disputado neste fim de semana no Rio de Janeiro. O torneio contou com a participação de equipes de 4 estados: além dos anfitriões cariocas, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Na decisão, o Deodoro CSSVM passou pelo Colegial (SC). O bronze ficou com o Germânia, que passou pelo time gaúcho.

Lance da final do Brasileiro sub-17 entre Deodoro CSSVM e Colegial (SC)

O título brasileiro coroa um trabalho de base que começou logo após os Jogos Pan-Americanos de 2007. Nesse tempo a equipe enfrentou desafios como treinar quando não havia bebedouro, a proibição temporária de treinar nos campos oficiais e a falta de recursos financeiros. Mas o trabalho continuou e vários jovens talentos foram revelados, como Leandro, Giovanni, David, Victor Douglas, Tati e Diana, entre outros. A equipe ainda teve vários jogadores convocados para as seleções principais e de base, como os gêmeos Bruno e Rafael Mendonça, Alice Aparecida e Úrsula Machado, que está na Argentina com a seleção feminina.

Veja a vitoriosa campanha do Deodoro CSSVM no Brasileiro sub-17:
Deodoro/CSSVM 13 x 0 Escolinha CBHG 
Deodoro/CSSVM 2  x 0 Germania
Deodoro/CSSVN 4 x 0 Escolinha FHERS
Deodoro/CSSVM 3 x 0 Matias
Deodoro/CSSVM 2 x 0 Colegial (SC)

http://hoqueibrasil.wordpress.com/2011/10/17/garotada-de-ouro/

OUT17

O ex-técnico da seleção brasileira de hóquei, Eduardo Righi, orienta os árbitros das finais do Intercolegial

Jogar, ganhar e comemorar. Pode-se dizer que essa foi a rotina do CAp Paulo Gissoni no hóquei indoor, modalidade disputada pela primeira vez no Intercolegial, uma realização do GLOBO, com patrocínio master do McDonald’s, organização técnica da Abadai e apoio do Sportv. Diante de sua torcida, que fez muito barulho no ginásio da Universidade Castelo Branco, em Realengo, meninos e meninas jogaram em casa e faturaram a medalha de ouro.

As garotas do Gissoni venceram a Escola Municipal Rosa da Fonseca, de Deodoro, de virada, sob o comando da camisa 10 do time, Alice Aparecida. Ela marcou os três primeiros gols e contribuiu para a vitória por 5 a 1. Tainá, duas vezes, deu números finais ao placar.

O time da casa ainda passou por um susto, quando a atacante Yasmin passou mal durante o primeiro tempo de jogo e teve de ser atendida fora de quadra. Mas a jogadora se recuperou, voltou para a segunda etapa e comemorou muito o título.

“Começamos um pouco mal, errando algumas bolas bobas. Não era preciso tomar aquele gol para acertar o time, mas acabou nos acordando, as meninas voltaram mais atentas e conseguimos a virada” afirma Alice.

Alice, jogadora do Gissoni, domina a bolinha na final do hóquei indor no Intercolegial 2011

Já no masculino, o triunfo veio com maior facilidade. O time fez 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com Geovanni e João Paulo, e soube administrar a vantagem, apesar da pressão do Colégio Cruzeiro, de Jacarepaguá, que chegava com perigo ao ataque.

Autor do primeiro gol, Geovanni – que também participou da jogada do segundo –, acabou machucando o tornozelo poucos minutos depois e teve de deixar a equipe. Na comemoração, foi levado ao centro da quadra nos braços dos companheiros e teve seu nome gritado pelos torcedores.

Com objetivo de disseminar o hóquei no Rio de Janeiro, sede das Olimpíadas de 2016, o Intercolegial 2011 promoveu a primeira competição. Nesta edição, como um projeto piloto, foi disputada a modalidade indoor. Ano que vem, o esporte também terá o estilo na grama.

Difusor do hóquei no Brasil, o argentino Eduardo Righi que foi técnico da seleção brasileira de 2000 a 2002, fez questão de elogiar o alto nível das partidas que foram realizadas no Intercolegial 2011.

“Ter a competição também na grama será muito bom. E começar o trabalho na quadra para depois passar para grama auxilia muito ao jogador, porque ele ganha técnica na quadra e depois aplica na grama. Assim como acontece entre futsal e futebol. Isso sem contar que o nível da competição foi muito bom para a idade dos participantes”, afirma Eduardo.

Dez equipes masculinas e nove femininas participaram da estreia do hóquei e a expectativa é que esse número aumente já em 2012. O projeto tem sido feito em escolas e recebido o apoio da Vila Militar, local de treinamento de parte das equipes.

A briga pelo último lugar do pódio no masculino foi acirrada. O Elpídio da Silva, de Padre Miguel, bateu a Escola Municipal Engenho da Praia, de Macaé, por 1 a 0, com um gol de Luis Fernando.

A disputa pelo terceiro lugar feminino, entre Duplar Pires de Melo, de Deodoro, e Colégio Estadual Bertha D’Alessandro, de Nilópolis, foi emocionante. A equipe da Baixada venceu por 3 a 2, depois de abrir três gols de vantagem, e segurar a reação do adversário, que marcou duas vezes.

Fotos: Ari Gomes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Técnico de Hóquei na Grama faz a diferença na vida de jovens da E.M. Rosa da Fonseca.

HÓQUEI NA GRAMA


Uma bola. 11 jogadores. O objetivo é fazer gols. Mas em vez de usar os pés, os jogadores precisam ter muita habilidade com o taco. Um dos esportes olímpicos mais tradicionais, o hóquei sobre grama está presente nos Jogos Olímpicos desde 1908, em Londres. Cada partida é disputada em dois tempos de 35 minutos, com 10 minutos de intervalo. O campo, orginalmente de grama natural, hoje em dia é de grama sintética, padrão nas competições internacionais. Entre as principais características do hóquei sobre grama estão a regra da obstrução, segundo a qual o jogador não pode proteger a bola sem que ela esteja em movimento, e a proibição de usar a área curva do taco, o que exige grande habilidade no punho.

NA ESCOLA PÚBLICA???

Você pode estar achando estranho, mas é isso mesmo. Há 3 anos , o técnico de hóquei na grama e indoor, Eduardo Righi, faz um trabalho de excelência com nossos alunos no campo oficial de Deodoro.
Dedicado, exigente e sem patrocínio, Eduardo fez e continua fazendo a diferença na vida de muitas de nossas crianças.


Dentre elas , destaca-se a linda Alice, ex-aluna da E.M. Rosa da Fonseca, que diz:“Entrei para o hóquei em um projeto do colégio. O Eduardo (Righi) me viu jogando, acreditou no meu potencial e meu deu total apoio. Tenho só a agradecer e continuar treinando” E Alice não se destaca apenas no Intercolegial. A menina já foi chamada para a Seleção Brasileira adulta e também vem chamando a atenção por sua beleza.
Além de Alice; Yasmin, Giovani e Leandro também se destacaram no esporte que conheceram e se apaixonaram e hoje são bolsistas em escola particular da região.
Eduardo continua descobrindo talentos na E.M. Rosa da Fonseca. Hoje,meninos e meninas da Escola  praticam o esporte que interferiu inclusive em seu desempenho escolar.


Alguns resultados recentes:
 JASP ( Jogos Abertos da Semana da Pátria):Rosa da Fonseca brilhante campeão no feminino e no masculino.
Com uma atuacao impecável as equipes da Escola Municipal Rosa da Fonseca conquistaram a primeira colocação do hoquei indolor.Esses atletas são a base dos times de hoquei do CSSVM que participam de campeonatos Nacionais e estaduais.

29º Intercolegial :Rosa da Fonseca participou com equipe masculina e foi vice-campeã com equipe feminina.
A Escola Municipal Rosa da Fonseca, comandada por Diana, decidiu o ouro no domingo (16/10), na quadra da Universidade Castelo Branco, no bairro de Realengo, contra o Paulo Gissoni,escola onde hoje são bolsistas e jogam nossos ex alunos.
Foi uma final de Rosa X Rosa !

Difusor do hóquei no Brasil, o argentino Eduardo Righi que foi técnico da seleção brasileira de 2000 a 2002.


                                        Equipe feminina da E.M. Rosa da Fonseca


Torcida se fez presente.


Fazendo pose.
(com apoio dos professores Isidro -foto- e também Deives,Elpidio e Tânia)

Acreditamos que muitos talentos ainda serão descobertos por Eduardo e que alguns como nossa Alice, poderão chegar à Seleção Brasileira. Esperamos que projetos como este sejam conhecidos e ganhem estrutura e investimentos para que alcancem  ainda mais jovens de nossa Cidade Maravilhosa.

Saiba mais sobre o Hóquei, através dos sites abaixo:

Fonte:





Postado por Patricia Nogueira às 14:31

1 comentários:

Alexandra Ferreira  disse...

O que o Eduardo Righi faz por esses alunos é maravilhoso! É um homem que merece toda a nossa admiração!

21 /10/2011
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

\